Sem categoria

Seppir lança cartilha sobre a importância do quesito “cor ou raça” na Educação Superior

Entre os objetivos do documento, está fornecer argumentos que subsidiem dirigentes e pesquisadores institucionais sobre a importância da coleta adequada do item

Seppir lança cartilha sobre a importância do quesito “cor ou raça” na Educação Superior

Está disponível, na página da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), a cartilha “Orientações para a Qualificação do Quesito ‘Cor ou Raça’ no Censo da Educação Superior”. O documento tem como objetivo fornecer argumentos que subsidiem dirigentes e pesquisadores das instituições sobre a importância da coleta adequada do item. Além disso, a publicação enumera orientações que pretendem contribuir para o aprimoramento das pesquisas.

De acordo com a cartilha, informações sobre “cor ou raça” têm reiteradamente comprovado a existência de diferenças socioeconômicas e culturais entre a população negra e a não-negra. A partir disso, foi possível estabelecer ações afirmativas como as cotas nas universidades Federais e Instituições Federais de ensino técnico de nível médio (Lei nº 12.711/2012).

“A qualificação dos dados de ‘cor ou raça’ no Censo da Educação Superior é necessária para o efetivo acompanhamento, monitoramento e avaliação da Lei. Com essa qualificação, os dados sobre ingressos, matrículas, concluintes e docentes poderão ser desagregados, permitindo análises inéditas sobre questão racial e a democratização do ensino superior no país”, ressalta o documento.

Notícia anterior

ONU: redução da maioridade penal pode agravar violência

Próxima notícia

Deputada Ana Perugini defende maior participação das Mulheres na Política, em encontro do PT