Notícias

Ana Perugini propõe extensão do direito à vacina do HPV a mulheres de até 26 anos

A deputada federal Ana Perugini, coordenadora-geral da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos Humanos das Mulheres, sugeriu ao Ministério da Saúde a ampliação da faixa etária para vacinação de meninas e mulheres contra o HPV.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece a vacina a meninas de 9 a 14 anos. Ana propõe que mulheres dos 15 aos 26 anos também sejam imunizadas. A dose faz parte do calendário nacional há quatro anos e, desde o ano passado, também está disponível para meninos de 11 a 14 anos.

O HPV, sigla em inglês para Papiloma Vírus Humano, é uma doença sexualmente transmissível (DST) que atinge a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões que podem evoluir para cânceres, como de colo de útero, garganta e ânus.

No documento, apresentado como indicação à Câmara dos Deputados, a parlamentar destaca que o vírus está presente em cerca de 90% dos casos de câncer de colo de útero, que é o terceiro tumor mais frequente na população feminina brasileira e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), 600 mil novos casos de câncer devem ser registrados no país este ano, 16 mil deles de colo de útero.

“O câncer está atingindo um número assustador de pessoas. Além do sofrimento causado ao paciente e seus familiares, os custos com o tratamento são altíssimos para o SUS”, afirmou Ana, que destinou R$ 2,5 milhões do governo federal ao Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism), da Unicamp, para a compra de um equipamento de braquiterapia, fundamental no tratamento de cânceres ginecológicos, como de colo de útero. “Assim, é nítida a importância e a urgência da liberação de vacinas gratuitas para mulheres até os 26 anos, como estratégia de enfrentamento e combate à doença.”

Em agosto do ano passado, o Ministério da Saúde estendeu a vacinação a homens e mulheres com até 26 anos, em municípios que ainda possuíam doses da vacina em estoque, com vencimento em setembro.

A vacina contra o HPV é resultado de uma luta que Ana Perugini iniciou há 11 anos. Durante seu primeiro mandato como deputada estadual, a parlamentar apresentou à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o projeto de lei 708/2007, que já defendia a vacinação de meninas e mulheres de 9 a 26 anos.

A indicação 4.987/2018 foi protocolada segunda-feira (19), na Casa Legislativa, e aguarda despacho da Mesa Diretora para ser encaminhada ao Ministério da Saúde.

Notícia anterior

Kit destinado por Ana Perugini melhora o atendimento em Santa Bárbara d'Oeste

Próxima notícia

Inspiração de luta e símbolo de fraternidade!