Notícias

Ana Perugini promove encontro de mulheres do Estado de São Paulo

A deputada federal Ana Perugini, coordenadora-geral da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos Humanos das Mulheres no Congresso Nacional, promove, neste sábado (25), o 2º Encontro Mulheres no Poder. O evento, que vai discutir temas como enfrentamento à violência, impactos das reformas previdenciária e trabalhista e empoderamento feminino, vai ser realizado das 8h30, às 12h, no auditório da empresa EMS, em Hortolândia, município da Região Metropolitana de Campinas.

Ao promover o encontro na semana em que a Câmara Federal aprovou a terceirização irrestrita de todas as atividades de empresas e órgãos públicos, precarizando as relações de trabalho, Ana acredita que, mais do que nunca, as mulheres precisam reafirmar seus direitos, para que não haja mais retrocessos, como a reforma da previdência, que tramita na Casa.

“Nosso objetivo é trocar ideias, ouvir sugestões, e, especialmente, estimular as ações de empoderamento econômico, político e social”, adiantou Ana, que integra a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara dos Deputados.

A atividade é um desdobramento do Seminário Mulheres no Poder, realizado em dezembro, por iniciativa conjunta da Câmara e do Senado. Na ocasião, um grupo de mulheres de várias regiões do Estado de São Paulo viajou a Brasília, a convite de Ana, para participar do evento, que reuniu deputadas, senadoras, representantes da ONU Mulheres e de coletivos feministas do país.

O 2º Encontro Mulheres no Poder contará com palestras de profissionais das áreas de direito, educação, medicina, ciências sociais e sindical. A saúde da mulher será abordada pelo ginecologista e obstetra Odair Albano, especialista com longa vivência profissional, ex-secretário de Saúde de Campinas.

Outro conferencista renomado, o professor e doutor em educação César Nunes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), tem presença confirmada. Ele vai falar sobre o tema “Quando Maria da Penha venceu Amélia: a luta das mulheres por direitos iguais”.

Numa abordagem sobre a mulher no mundo sindical, Ana Flores vai compartilhar sua experiência como diretora do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Presidente Prudente e Região (Sintrapp).

A mesa será composta, ainda, pela professora Angela Maria Carneiro Araújo, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), da Unicamp. Pesquisadora do Pagu (Núcleo de Estudos de Gênero da universidade), a pós-doutora apresentará a palestra: “Transformações no mundo do trabalho e as desigualdades de gênero e raça”.

Ao longo do evento, serão ainda exibidas manifestações de lideranças de entidades de reconhecida tradição cultural e educacional, como da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), representadas pela doutora em educação Ivonete Aparecida Alves, do grupo afro-brasileiro Mocambo Nzinga, e pela advogada Fabíola Marques, da capital paulista.

Com uma atuação crítica a respeito do comportamento do governo federal, Ana Perugini tem combatido a política de retrocesso imposta ao país, com grandes prejuízos para a classe trabalhadora. “Essa reforma da previdência, por exemplo, é a morte para todos aqueles que precisam de trabalho remunerado e também para a classe média. Ela atinge mais de quatro milhões de famílias no Brasil, que vivem com um quarto do salário mínimo, deficientes e aqueles com mais de 65 anos, sem possibilidade de contribuição e amparados pelo benefício da assistência continuada”, alertou a deputada.

Ana Perugini também tem demonstrado preocupação com a necessidade de mais investimentos do poder público, das três esferas administrativas, em defesa dos direitos das mulheres. “Por uma rede de proteção social competente, como é a Casa da Mulher Brasileira, hoje em abandono pela administração federal”, enfatizou Ana, ao acrescentar mais um conceito a reafirmar a necessidade de incentivar, entre as lideranças femininas de todo o Estado, o conceito do empoderamento: “Nós, mulheres, entendemos, em nossa alma, o verdadeiro significado da palavra previdência e do imperativo de sermos previdentes, pois estamos sempre pensando em tudo e nos filhos, no companheiro, no bairro, no Brasil e no mundo”.

 
SERVIÇO

2º Encontro Mulheres no Poder
Data: 25/03/2017
Horário: das 8h30 às 12h
Local: Auditório da EMS, no quilômetro 8 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101) – acesso pelo portão 2 -, no bairro Chácara Assay, em Hortolândia

Notícia anterior

O show da PF e o prejuízo ao Brasil

Próxima notícia

Ana Perugini cobra instalação de Instituto Federal em Paraguaçu Paulista