Notícias

Ana Perugini é escolhida melhor deputada federal da Região Metropolitana de Campinas

O Prêmio Congresso em Foco, condecoração mais prestigiada da política brasileira, apontou Ana Perugini como a melhor deputada federal da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Em votação aberta na internet, Ana recebeu 1.900 votos e ficou na 26ª colocação entre os 340 deputados que participaram da premiação. O resultado foi anunciado na noite de quinta-feira (19), em Brasília.

Municipalista convicta, Ana teve a nona melhor avaliação entre 50 deputados do Estado de São Paulo avaliados e foi a quarta mais lembrada entre as mulheres da Câmara Federal. A deputada ainda ficou em segundo lugar entre as legisladoras paulistas. No âmbito de sua legenda, o Partido dos Trabalhadores, a parlamentar ficou em segundo lugar no Estado e em 9º no Brasil. Entre as parlamentares do PT na Casa Legislativa, Ana Perugini foi segunda mais lembrada pelos internautas.

Além da avaliação geral, Ana aparece entre os Mais Bem Avaliados pelos Jornalistas e em três categorias especiais do prêmio: Destaques no Combate à Corrupção e ao Crime Organizado; Destaques na Defesa da Agropecuária; e Destaques na Defesa da Seguridade Social.

“Sou muito grata a todos que votaram e reconheceram o nosso trabalho iniciado em 2015, sempre procurando fortalecer os municípios, melhorar a vida das pessoas e garantir direitos às mulheres, às crianças, aos adolescentes e à classe trabalhadora do nosso país”, avaliou a deputada. “Ser lembrada em uma premiação democrática e popular é gratificante, honroso e, sem dúvida, um grande estímulo para que continuemos trabalhando do lado certo da história”, disse Ana, que é coordenadora-geral da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos Humanos das Mulheres no Congresso Nacional.

Segundo o site Congresso em Foco, responsável pela organização do prêmio, foram validados 1.034.683 votos, dados por 130.113 pessoas, entre 1º e 30 de setembro. O site foi criado em 2004 e foi ganhando notoriedade na cobertura política no Congresso Nacional, além de acompanhar os principais acontecimentos do país.

Segundo os organizadores, dos 594 parlamentares do Congresso (513 deputados e 81 senadores), foram excluídos aqueles que respondem a inquéritos e ações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). O regulamento ainda estabelece como requisito que o parlamentar tenha exercido pelo menos 60 dias do atual ano legislativo, iniciado em 2 de fevereiro. Aplicados os filtros, 340 deputados e 37 senadores foram considerados aptos a concorrer ao prêmio.

A condecoração foi criada em 2007, com o objetivo de distinguir os melhores parlamentares e estimular a sociedade a acompanhar seus representantes e a participar da política.

Este ano, a iniciativa contou com o apoio de empresas e entidades, como a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Associação Nacional de Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip).

Em seu primeiro mandato na Câmara Federal (a parlamentar foi vereadora de 2005 a 2006 e deputada estadual entre 2007 e 2014), é o segundo ano que Ana Perugini concorre ao prêmio. Em 2015, foi lembrada por 344 internautas e ficou na 93ª posição entre 376 deputados votados. No ano passado, a premiação não foi realizada por conta da crise política no país.

Notícia anterior

Em artigo, Ana Perugini defende combate à violência contra as mulheres na internet

Próxima notícia

A cegueira e a violência contra as mulheres